Artigos acadêmicos?

Há alguns dias, estava conversando com um dos meus alunos (e também leitor freqüente do Cine Repórter), e o rapaz me fez uma indagação que, imagino, pode muito bem estar passando pela cabeça de alguns de vocês.

Sabedor de minhas dificuldades para conciliar os trabalhos acadêmicos com uma escrita mais freqüente de textos aqui para o site, ele me perguntou porque eu não estava disponibilizando, no Cine Repórter, o material didático de algumas das aulas que dou na graduação de Cinema da UFPE. E foi além: por que eu não publicava no site os textos dos artigos que escrevo como trabalho de conclusão das disciplinas do doutorado?

Antes de responder, cabe aqui um breve parêntese. Em geral, eu organizo uma série de anotações-guia (ordenadas em um arquivo de PowerPoint) para cada aula que dou, mais ou menos como todo professor faz hoje em dia. Quanto ao doutorado, ele tem razão: para cada disciplina cursada, o aluno precisa entregar um artigo inédito de 8 a 12 páginas.

Na avaliação desse aluno, a disponibilização desse material surpriria a relativa ausência de críticas recentes, já que os leitores mais fiéis poderiam acompanhar minha trajetória na universidade, bem como ter acesso a textos mais longos e detalhados sobre filmes.

Agora, as respostas:

1) Dois são os motivos para não publicar no momento minhas aulas em PPT. O primeiro é que boa parte desses arquivos consiste de tópicos, frases soltas e observações rápidas que vão parecer sem sentido para qualquer pessoa que não estiver acompanhando a respectiva aula.

O segundo é que tenho visto – e com muito mais freqüência do que se pode imaginar – muita gente reaproveitar material didático pinçado da Internet para dar aulas. Não ligo nem um pouco de passar minhas aulas para colegas. Mas gosto de saber disso.

2) De fato, eu pretendo disponibilizar para download toda a minha produção acadêmica. Mas, evidentemente, isso só acontecerá à medida em que os artigos forem publicados.

Anúncios

9 comentários em “Artigos acadêmicos?

  1. Minha mãe ensina psicologia na faculdade e também não coloca nada na internet pelos mesmíssimos motivos, Rodrigo. Sem tirar, nem pôr.

    E vamos combinar que o que não falta no CR é texto (de qualidade) para ler. Quem reclamar está reclamando de barriga cheia! =D

    Estude, estude, pois doutorado requer mesmo muita dedicação. Abraço!

    Curtir

  2. Tem toda a razão Rodrigo, ter seu material copiado e sendo apresentado por terceiros como se fossem deles não é legal, pra dizer o mínimo. Na faculdade já soube de histórias de pessoas que copiaram até monografias interiras, mudando somente as capas, e o pior, foi aprovada! O mundo digital facilita muito a vida mas como toda ferramenta tb pode ser usada para fins, digamos, menos nobres. Um abraço e e muito sucesso como Professor e Aluno.

    Curtir

  3. Pois é Rodrigo, só corroboro o que os demais falaram.

    Fico feliz por todo o seu sucesso por aí. Tenho certeza que suas aulas são muito boas e todos nós, leitores do Cine Reporter, estaremos aqui para ler quando puder dividir conosco os artigos.

    Um abraço,

    Victor

    Curtir

  4. Olha, confesso que já pensei muito nisso. Não perguntei porque não é da minha conta, claro. Mas entendo seus motivos e tenho certeza que está com plena razão. Só posso dizer obrigado por todo conteúdo já disponibilizado e torcer pra que vc continue escrevendo belos textos sobre cinema.
    Abração!

    Curtir

  5. É Rodrigo, concordo também. Sou bibliotecário e mestre em Memória Social. Como bibliotecário nem preciso de te falar da nossa rigidez com citações, refêrencias, etc. Sou pesquisador de HQs e tenho um blog que mal atualize esse ano por falta de tempo (ainda darei mais atenção a ele) e já pensei em colocar alguns trabalhos meus mas pensei igual vc. Bem, esse ano publiquei um artigo em revista acadêmica on-line ( Data Grama Zero) sobre HQs, e quiser ler: http://dgz.org.br/abr09/Art_01.htm

    E fico à espera dos seus artigos acadêmios. Embora ame seus textos do Cine Reporter artigo acadêmico é diferente né? É como vc disse. Há as citações, referências, metodologia, base teórica, etc. Gosto de ambos mas são diferentes….

    Curtir

  6. Olá Rodrigo. Vc poderia indicar quais são as principais publicações acadêmicas sobre cinema para as quais eu possa submeter meus artigos do mestrado em comunicação, onde estudo o Dogma 95?
    Obrigado!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s