Palpites sobre o Oscar 2009

Quando escrevi (no Twitter, que pode ser lido na seção Micro-blog deste site) que “O Curioso Caso de Benjamin Button” seria o principal favorito ao Oscar 2009, alguns conhecidos não entenderam. Minha observação foi postada no dia seguinte à entrega do Globo de Ouro, cuja premiação esnobou o filme de David Fincher. Se o Globo é considerado como principal prévia do Oscar, diziam, qual seria a minha lógica?

Pois bem: nesta quinta-feira, 22 de janeiro, “O Curioso Caso de Benjamin Button” conquistou 13 indicações ao Oscar e se tornou oficialmente o maior favorito a ganhar a principal estatueta, a de melhor filme.

Agora vou tentar explicar melhor a minha lógica. Já faz algum tempo que o Globo de Ouro vem deixando de ser uma antecipação confiável dos resultados do Oscar. Existe uma tendência crescente de rebeldia entre os jornalistas estrangeiros que cobrem Hollywood (e votam no Globo de Ouro).

Isso é muito saudável, e faz com que o Globo de Ouro premie filmes mais interessantes, na média, do que o Oscar. E o principal premiado dos jornalistas foi o britânico “Quem Quer Ser um Milionário?”, de Danny Boyle, um filme 30% falado em hindu, que se passa na Índia e foi feito de forma independente.

Embora tenha recebido 10 indicações ao Oscar, o filme de Boyle não deve ganhar as estatuetas mais importantes. E isso não tem nada a ver com qualidade. Tem a ver com a política de Hollywood, que não costuma premiar obras feitas à margem da grande indústria de entretenimento dos EUA.

Confesso que fiquei surpreso com o grande número de indicações obtido por “Benjamin Button”. É apenas uma indicação a menos que os recordistas históricos, “A Malvada” (1950) e “Titanic” (1997), que obtiveram 14 cada.

Considerando que o segundo filme mais indicado é o já citado “Quem Quer Ser um Milionário?” (10 indicações), e que suas chances são muito pequenas, penso que a cerimônia do Oscar de 2009 – que acontece no dia 22 de fevereiro, em pleno domingo de Carnaval – deverá ser bem previsível.

É o oposto do que aconteceu nos últimos anos, em que dois títulos polarizaram todas as disputas principais (em 2008, por exemplo, a briga foi entre “Onde os Fracos Não Têm Vez” e “Sangue Negro”), mantendo o suspense sobre o grande vencedor até a cerimônia em si.

De fato, não vejo qualquer ameaça real ao filme de David Fincher, que deve também ganhar o Oscar de melhor diretor. Os outros concorrentes ao grande prêmio da noite (“Frost/Nixon”, “Milk” e “O Leitor”) estarão lá apenas para participar.

O mapa de indicações põe ainda Brad Pitt como principal rival de Mickey Rourke (“O Lutador”), na categoria de ator. Kate Winslet (“O Leitor”) deve ganhar melhor atriz com um pé nas costas, até porque ficou de fora pelo estupendo trabalho em “Foi Apenas um Sonho”, o que já demonstra o nível de qualidade que ela estabeleceu em 2009.

A disputa entre os coadjuvantes parece bem acirrada, tanto homens quanto mulheres. Se tivesse que apostar, cravaria em Heath Ledger (“Batman”) e Amy Adams (“Dúvida”). Mas devo dizer que torço fervorosamente por Marisa Tomei, entre as damas.

De resto, o israelense “Valsa com Bashir” vai confirmando o favoritismo entre os filmes de língua estrangeira. “Quem Quer Ser um Milionário?” deve faturar alguns Oscar na área musical, já que as canções têm grande destaque na narrativa. “Benjamin Button” é favorito em um monte de prêmios na área técnica (maquiagem, direção de arte, fotografia e edição), mas pode perder alguns desses troféus para “Batman” e mesmo para o filme de Danny Boyle (a quem eu daria, com certeza, o troféu de montagem).

Por fim, o maravilhoso “Wall-E”, que ficou fora da lista de cinco concorrentes a melhor filme (a grande injustiça de 2009, na minha opinião), ganhará com certeza o troféu de melhor animação, e é favoritíssimo ao de edição de som, podendo aprontar também na categoria de melhor roteiro original.

Confira a lista completa de indicados ao Oscar aqui.

Anúncios

44 comentários em “Palpites sobre o Oscar 2009

  1. Puxa! Lamento por Gran Torino tb.. a música de Jamie Cullum é tão boa, Clint merecia uma indicação a melhor diretor e melhor ator tb (grande fa dele falando =D). Vou torcer por Kate Winslet que é ótima em tudo o que faz.

    Curtir

  2. Jurandy, acho que o maior problema de “Gran Torino” é o filme tem semelhanças muito fortes com “Menina de Ouro”. O arco do personagem dele é igualzinho. Acho que isso, unido ao fato de que “A Troca” deve ter dividido votos com ele, acabou com as chances do filme.

    Curtir

  3. Desculpe-me, mas, com todo respeito, nunca li tantos absurdos (para não dizer asneiras) quanto a Oscar!
    Desde quando ano passado ficou uma “tensão”, com Onde os Fracos Não Têm Vez e Sangue Negro disputando a premiação máxima? Que eu saiba, OFNTV era o ganhador mais óbvio desde O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, tendo ganhado os prêmios de 90% da crítica norte-americana, e tendo sido consagrado pelo Sindicato dos Atores, Sindicato dos Roteiristas, Sindicato dos Diretores e Sindicato dos Produtores!
    O mesmo vem acontecendo com Slumdog Millionaire, que vem polarizando a grande maioria das indicações e é favorito aos prêmios dos sindicatos (que, juntos, formam a maioria votante da Academia). O número de indicações não é determinante para a vitória! O Aviador tinha mais indicações, mas Menina de Ouro venceu. Brokeback Mountain fora mais indicado, mas Crash foi consagrado. Babel também, e quem ganhou foi The Departed. O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, apesar de ter tido 13 indicações, perdeu para Uma Mente Brilhante. Isso só para citar os recentes! A lista de casos semelhantes é infinita na história do Oscar.
    E a Academia já premiou um filme muito mais independente e muito mais simples do que Slumdog Millionaire: Crash, e ele nem era o favorito!
    O Curioso Caso de Benjamin Button, que vem sendo recebido de forma morna pela crítica e que não conquistou prêmios importantes até agora, é fraco concorrente. As inúmeras indicações devem-se à perfeição técnica do filme. Não fosse isso, teria umas 5 ou 6 indicações.
    E desde quando Brad Pitt é o grande rival de Mickey Rourke? Jesus! Que absurdo…Sean Penn já ganhou quase todos os prêmios de interpretação até agora (com exceção do Globo de Ouro) e é favorito ao SAG! Pitt não ganhou nada, nada. Além de que Penn é mais querido, mais talentoso e não foi reconhecido como diretor por Into the Wild. Pitt, principalmente por parte das alas mais conservadoras, ainda é associado à imagem de galãzinho, rostinho bonito e sua vida pessoal (abandonar esposa e casar coma gostosona da vez) pesa também, porque é sabido que as premiações americanas levam o aspecto pessoal muuuito em conta.
    Mais duas coias: Kate Winslet, infelizmente, não terá tanta facilidade assim. Meryl Streep vem ganhando destaque e se chamar tanta atenção, como vem chamando, quanto Kate, pode criar divisão de votos e abrir espaço para a ala de votantes que adoram jovens e belas atrizes que, até então, não tinham nenhuma grande interpretação e que de repente são destaque (Gwyneth Paltrow, Halle Berry, Hilary Swank, Reese Whiterspoon, Marion Cotillard – só para citar as recentes), o que levaria Anne Hathaway ao prêmio. Segundo, apesar do que muito se fala, Valsa com Bashir não é favorito não. Parece que todo mundo esqueceu o preconceito da Academia com animações – ainda mais estrangeiras – e documentários, em categorias que não lhes são próprias. O filme só foi indicado porque é israelense.

    Olha, fiquei decepcionado com essa matéria. Sem querer ser chato, mas é bom pesquisar antes de sair escrevendo absurdos!

    Curtir

  4. Olha o cara comparando o REF com o Rodrigo… Nada contra o REF, já até li bastante coisa dele e tal. Mas a diferença entre um e outro abismal; REF só fala dos bastidores do filme, da atuação de tal estrela e coisas do tipo. Sem querer ser puxa-saco, até porque não tenho contato com o Rodrigo, as críticas do Cinerepórter levam em conta aspectos técnicos, roteiro, contexto, visão do diretor, passam o sentido do filme e outras coisas. Coisas que, como já observava Truffaut nos anos 50/60, poucos críticos têm capacidade.

    Curtir

  5. Elton, tudo o que você escreveu pode estar certo (embora a comparação de “Crash” com “Slumdog Millionaire” não faça nenhum sentido – você já parou pra pensar qual a última vez que um filme feito sem dinheiro americano ganhou o Oscar?). Tenho certeza de que você desconhece o significado da palavra “palpite”. De qualquer forma, reafirmo cada palavra do que escrevi. Veremos quem tem razão no dia 22 de fevereiro.

    Curtir

  6. Concordo com o cara aí de cima. Rodrigo é sempre muito coerente e muito feliz no que quer passar para o leitor. Eu, por exemplo, sempre que quero saber de um filme, venho primeiro aqui.
    Subjetividade, lembra, Rodrigo?
    Acho que cada cinéfilo deve procurar escutar um crítico que mais se indentifique com si próprio.
    E não adianta o cara chegar aqui e falar bonito não. Narcisismo pra quê? Narciso acha feio o que não é espelho. Qualque cara pode se tornar alguém de sucesso como Ruben E.Filho, mais só alguem de verdadeiro valor pode se tornar um crítico importatnte como Rodrigo o é.

    Abraços

    Curtir

  7. Também ao meu ver, o texto do Rodrigo foi muito equivocado. Mas, como ele mesmo lembra, palpite é palpite. Fincher não é tão favorito assim não, e o o filme do Danny Boyle tem muitas chances sim.

    Outra coisa, Amy Adams é lanterninha, a grande favorita como coadjuvante é a Penelope Cruz. No mais, é quase uma teria, o que já é um indício do absurdo desse prêmio. Mas que é divertido é.

    Curtir

  8. Olha, sou estudante de cinema e gosto de muitas críticas do Rodrigo também. Muitas mesmo, é um dos críticos dos quais mais gosto. Eu apenas acho que seus “palpites” são beeeeeeem equivocados. Aliás, releiam o texto e verão que ali há mais AFIRMAÇÕES do que palpites, como que OFNTV e Sangue Negro disputaram acirradamente ano passado e que Brad Pitt é o grande concorrente de Rourke (não sei de onde ele tirou isso), afirmações que não são verdadeiras e há provas para tanto. E não comparei ele com o REF…só disse que nem esse escreve tantos absurdos juntos.

    Curtir

  9. Acho que O Curioso Caso de Benjamin Button leva o Oscar de Melhor Filme e Melhor Diretor. Quem Quer Ser um Milionário?, seguindo a regra dos últimos dois anos, deve ser o independente simpático que leva em Melhor Roteiro Adaptado.

    Aposto em Batman – O Cavaleiro das Trevas como o maior vencedor da noite em quantidade de prêmios, junto com o filme de Fincher. Leva em som, edição de som, montagem e ator coadjuvante. Infelizmente, os efeitos especiais vão para Homem de Ferro, mas tomara que aconteça o mesmo do ano passado, quando o favoritíssimo Transformers perdeu para o lanterna A Bússola de Ouro. Se o mesmo se repetir, Batman leva. Até mesmo porque os efeitos de Button são realmente bons somente na concepção do personagem principal, mas o restante é apenas bom. Os efeitos de Batman são extremamente realistas (não percebia se eram efeitos ou se eram de verdade até conferir o making off do DVD). Homem de Ferro também mas… sobrecarregaram o filme.

    Meus palpites:

    Filme: O Curioso Caso de Benjamin Button
    Ator: Mickey Rourke (O Lutador)
    Atriz: Kate Winslet (O Leitor)
    Ator Coadjuvante: Heath Ledger (Batman – O Cavaleiro das Trevas)
    Atriz Coadjuvante: Penélope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
    Diretor: David Fincher (O Curioso Caso de Benjamin Button)
    Roteiro Original: Milk
    Roteiro Adaptado: Quem Quer Ser um Milionário?
    Fotografia: O Curioso Caso de Benjamin Button
    Montagem: Batman – O Cavaleiro das Trevas
    Direção de Arte: O Curioso Caso de Benjamin Button
    Figurino: O Curioso Caso de Benjamin Button
    Maquiagem: O Curioso Caso de Benjamin Button
    Trilha Sonora: WALL·E
    Canção: Quem Quer um Milionário? (qualquer uma das duas)
    Som: Batman – O Cavaleiro das Trevas
    Edição de Som: Batman – O Cavaleiro das Trevas
    Efeitos Visuais: Homem de Ferro
    Animação: WALL·E
    Filme Estrangeiro: Valsa com Bashir

    Curtir

  10. Bom, tomara que a agressividade nos comentários pare por aqui. Não sou, nem quero ser, o cara que mais acerta palpites no Oscar. Nunca sequer ganhei um bolão. O que realmente me incomoda em alguns comentários – como o seu primeiro, Elton – é o tom agressivo. O João Daniel escreveu basicamente a mesma coisa que você, sem ser grosseiro como você foi. E não, não fiz afirmações. Elaborei uma teoria e a expliquei, o que é muito diferente.

    Quanto aos palpites do G4mbit (tava sumido, garoto!!), têm muita lógica. Posso até não concordar (não acredito em muitos prêmios para “Batman”, além do Heath Ledger), mas acho que pode acontecer. Ah, e quanto ao Brad Pitt, não me surpreenderia nem um pouco se ele ganhasse e Angelina Jolie também.

    Curtir

  11. Depois que Crash ganhou o Oscar sem ter sido sequer indicado no Globo de Ouro muita gente começou a afirmar que uma premiação já não seria mais um termômetro confiável para a outra. Discordo dessa afirmação pois considerando que no Globo de Ouro há divisão de categorias entre Drama e Comédia/Musical nos últimos 20 anos em 13 ocasiões o principal premiado do Oscar havia ganhado no também no Globo de Ouro. Discordo quando você menciona essa suposta rebeldia da HFPA que premiaria filmes mais interessantes na média. Nos anos recentes quando houve discórdia geralmente o Oscar premiou filmes melhores. O principal exemplo ocorreu no ano passado quando o Globo premiou Desejo e Reparação e Oscar Onde Os Fracos Não Têm Vez. Mais existem outros exemplos: Bugsy / O Silêncio dos Inocentes – Perfume de Mulher / Os Imperdoáveis – Babel / Os Infiltrados. A ocasião em que o globo foi mais ousado foi quando premiou Brokeback Mountain.

    Curtir

  12. Sandoval, convém não esquecer que o Globo de Ouro é dividido em duas categorias. Filmes como “Sideways”, “Encontros e Desencontros”, “Toy Story 2” e “Moulin Rouge” ganharam lá. O Oscar não tem coragem de premiar esses filmes “menores”, que no entanto são muitas vezes mais interessantes do que “Shakespeare Apaixonado”, “Chicago”, “Gladiador” e “Uma Mente Brilhante”. Enfim, a questão sobre se o Oscar premia ou não filmes melhores é inteiramente subjetiva, dependendo do gosto de quem está analisando. E cada um usa a estatística a seu favor: nos últimos seis anos, em cinco o Globo de Ouro e o Oscar premiaram filmes diferentes.

    Curtir

  13. Rodrigo, vou discordar de muita coisa que você escreveu. Apesar das 13 indicações, “O Curioso Caso de Benjamin Button” não chega como favorito a vencer o Oscar nas categorias principais. Deve perder Melhor Filme, Roteiro Adaptado e Diretor para “Slumdog Millionaire” e Danny Boyle; Melhor Ator para Sean Penn ou Mickey Rourke (não vejo Brad Pitt com chances de conquistar a estatueta) e Melhor Atriz Coadjuvante para Penelope Cruz. Vejo o longa com maiores chances nas categorias técnicas.

    E, de longe, a corrida mais excitante deste Oscar 2009 é a de Melhor Atriz. A vencedora está entre Kate Winslet, Anne Hathaway e Meryl Streep. Por ora, aposto na vitória de Winslet.

    Curtir

  14. Rodrigo, desculpe-me pelo tom grosseiro que assumo que há no meu primeiro post e que, embora não pareça, não foi tão proposital. A última coisa que gosto de ser é grosso, ofensivo, mal educado. Desculpe-me mesmo. Às vezes escrevo assim mesmo. E, como disse, gosto de muitas de suas críticas, caso contrário não viria aqui. Às vezes fico mesmo agitado, expressivo, dramático, mexicano. Poderia ter me expressado melhor. É que acho que certos argumentos e fatos são incontestáveis.

    Curtir

  15. Tudo esclarecido, Elton. Sem problemas. Mas, olha, fica a lição: qualquer argumento é contestável. Fatos, não. Só que não estamos falando de fatos aqui.

    Kamila, o grande problema de “Slumdog Millionaire” é o fato de ser um filme inglês/indiano, feito sem o apoio de nenhum grande estúdio, e com 30% dos diálogos legendados. Oscar de melhor filme para um filme assim? Acho muito difícil. Seria legal se ganhasse, mas não acredito. Lembre-se do caso “Amelie Poulain”, que não ganhou nem mesmo a estatueta de filme estrangeiros, apesar dos recordes de bilheteria e da euforia geral.

    Quanto ao Oscar de melhor atriz, depois do que aconteceu no Globo de Ouro, você realmente acha que alguém tira a estatueta de Kate Winslet? Ainda mais ela, que já merece esse prêmio há muitos anos?

    Admito que minha “aposta” entre as coadjuvantes não faz nenhum sentido (é apenas um palpite), e que Penelope Cruz tem boas chances. E admito que Brad Pitt não parece um concorrente tão forte neste momento, mas vejamos: Mickey Rourke vem perdendo força na reta final. Sen Penn continua bem cotado (a Academia adora premiar cinebiografias nesta categoria), mas as 13 indicações do filme dele lhe colocam como azarão.

    Curtir

  16. Vou assistir aos filmes primeiro para depois dar meu palpite. É interessante como a premiação do Oscar, muitas vezes tão criticada por seu lado “comercial”, gere tanta expectativa na gente e cause debates tão acirrados e apaixonantes. Parece até política, religião e futebol. Pena que a data do Oscar coincida com o Carnaval, o que levará a Globo a não transmiti-lo, além de esvaziar um pouco as repercussões nos dias seguintes (pós-Oscar). Agora, a grande injustiça é Gomorra ficar fora da disputa de melhor filme estrangeiro.

    Curtir

  17. O problema do Rourke é que tem gente achando que a composição do personagem dele foi fácil demais, e que ele só está interpretando a si mesmo. E eu pergunto: qual o problema? Isso não tira o mérito da interpretação de Rourke (deixo claro que não vi o filme ainda). Mesmo perdendo gás agora no final, vale lembrar que a Academia gosta de uma volta por cima, que é o caso de Rourke. Brad Pitt, mesmo sendo um ótimo ator, não tem muitas chances. Sean Penn já ganhou o Oscar há pouco tempo. Não vejo razão para premiá-lo novamente. Frank Langella tem chances por interpretar um presidente americano famoso; também é um grande ator que nunca havia sido indicado antes. Richard Jenkins só está lá por estar.

    Curtir

  18. Rodrigo, acho que tudo é possível na categoria de Melhor Atriz. Sinceramente, faz tempo que o Globo de Ouro perdeu sua força como prêmio que antecipa o Oscar. Por termos três atrizes (Winslet, Hathaway e Streep) bem cotadas para vencer, nada impede que as três dividam votos. A situação da categoria vai ser definida pelo que veremos no SAG amanhã (Winslet deve vencer em coadjuvante e Hathaway ou Streep em Atriz). Por ora, continuo apostando no favoritismo de Winslet para vencer seu primeiro Oscar.

    E continuo achando que Brad Pitt tem ZERO chances de vencer em Melhor Ator.

    Quanto ao filme “Slumdog Millionaire”: não acredito que ser uma produção indiana-inglesa irá prejudicar o filme. O longa de Danny Boyle é franco favorito para vencer o Oscar principal. Veremos o que acontece hoje no PGA. Se “Slumdog” vencer lá, o Oscar já é do filme.

    Curtir

  19. Olá Rodrigo, gostei muito de sua crítica sobre Benjamin Button (e do filme também). Esse David Fincher é um retado mesmo!
    Olhe, ontem fui assistir Marley e Eu e chorei feito criança, além de ter dado boas risadas. Vc vai publicar alguma crítica sobre o filme?
    Abraço,
    Marcos (Salvador – BA)
    obs- Estou louco pra assistir o novo de Sam Mendes, baseado em sua crítica. Que responsa, hein?

    Curtir

  20. O filme Ben Button não foi assim bem recebido pelos críticos, é um filme chatinho, meio morno, fica a impressão que é longo demais e não é nem um pouco original..Duvido que ganhe muitos prêmios, nem sei porque recebeu tantas indicações, provavelmente pelos custos da produção…
    Não sei se ele será o grande vencedor da noite, porém sabemos que ultimamente a Academia escolhe um candidato e presenteia-lhe com uma avalanche de oscars….Acho isso negativo..
    Infelizmente, na categoria de melhor filme a política de Hollywood não deve permitir que Slumdog vença, mesmo sendo um filme muito melhor que Benjamin Button..mais ainda confio que o filme indiano deverá liderar o número de estatuetas e ser a grande estrela da noite..
    E desde quando o Brad Pitt tem cacife para competir com Mickey Rourke e Sean Penn? provavelmente ele só foi indicado pela popularidade, e isso também vale pra sua cônjugue Angelina Jolie, que não tem a mínima chance de tirar o prêmio de Kate Winslet, Meryl Streep e até mesmo Anne Hattaway..
    Como melhor figurino aposto em The Duchess, que tem um figurino lindo e uma fotografia impecável..aliás, são as únicas coisas boas daquele filme…

    Curtir

  21. Sem indicação para Gran Torino? Um absurdo. Garanto que ele é melhor que grande parte desses filmes aí. Odeio o Oscar, para mim é indiferente. Nunca assisto um filme por ter ganho ou deixado de ganhar um ou mais Óscar(es).

    Curtir

  22. Eu acho que o Oscar mexe tanto conosco (pelo menos boa parte de nós), pelo fato de, mesmo que saibamos que não significa a qualidade do filme, é o maior prêmio do Cinema. Talvez não o melhor, mas maior, eu acredito que sim. E nós torcemos pelos filmes. Nos envolvemos. E mesmo dizendo tudo isso, ainda sinto que há mais razões para que o Oscar tenha o valor que tem, ou então mexa com a gente da maneira que mexe. Talvez seja até meio subjetivo.
    Enfim, acho que o filme do Danny Boyle deve ser muito bom, quase aposto nisso mesmo antes de assistí-lo. Porém, a prova que a Academia ainda tem um pé atrás na hora de ousar está em Wall-E ficar de fora do prêmio principal. Nada que tire as chances de Valsa com Bashir, já que é um Cinema que transcende todos os gêneros.
    Quanto a Benjamin Button, por mais que tenha desagradado alguns, seja longo e muito, muito semelhante com Forrest Gump, eu ainda aposto dizer que é um grande filme. Quantas vezes é possível se fazer um filme que debata o Tempo e provoque reflexões no público a respeito da própria vida, de maneira que possa agradar qualquer tipo de público, até aqueles sem tanta bagagem cinematográfica? É um filme de arte infiltrado dentro de um filme comercial. Pode não agradar alguns, pode ser criticado por outros. Mas fez muita gente chorar (eu ví como a sala de Cinema que eu estava ficou), pensar e se emocionar. Gente que dá duro na vida, que não tempo pra assistir filmes mais artísticos pois nossas grandes salas de cinema não dão espaço para os mesmos; gente que nunca ouviu falar de Kurosawa e Bergman justamente porque essa cultura não chega as massas. Gente que busca no cinema um entretenimento e ganha de brinde (e que brinde), um filme que abrange tantas questões, quando na verdade poderia ser só um mero caça-niqueis. Concordo com muito do que dizem, mas não sei se tais pontos também são considerados na hora de julgar um filme…Pode não ganhar o Oscar, mas ganhou muita gente, gente não vai poder ver Slumdog Millionare simplesmente porque não vai ter a chance de saber da existência do filme, sem culpa nisso. Não sei se merece ganhar o Oscar, mas acho que merece ganhar o respeito de quem ama cinema. Enfim, é só a opnião de um cineasta novato.

    Curtir

  23. acho que a opinião do rodrigo de que benjamin button é o favorito a melhor filme tem tudo a ver mesmo. slumdog millionaire é a cara da crítica, mas não leva o oscar nessa categoria por ser independente demais, indiano demais e americano de menos.
    crash é bem americano: fórmula chupada de PT Anderson e Altman, los angeles, cara de sério. e slumdog millionaire não tem nada disso.

    diretor: david fincher. é algo como se, guarde as proporções, kubrick tivesse filmado forrest gump. um cineasta que se rendesse, na aparência, ao bom e velho cinemão.
    ator: tb acho que a disputa é entre rourke e sean penn. os votantes levam a vida pessoal em conta e penn leva de novo. e aí tem os votos da ala gls (no armário ou não).
    atriz: kate winslet pelo conjunto de obras não premiadas.
    coadjuvantes: dizem que william holden falou o seguinte após ter perdido para a premiação póstuma de peter finch no oscar 77: se essse desgraçado não tivesse morrido…”. josh brolin e downey jr. talvez digam o mesmo de heath ledger (que ganharia vivo ou …). la penélope tem as maiores chances,já que kate winslet não disputa. mas amy adams e viola davis fazem por merecer.

    prêmios técnicos se dividirão entre batman (som, maquiagem e efeitos) e benjamin button (arte e fotografia). como limaram o boss springsteen da categoria canção, vai dar peter gabriel e wall-e. a montagem é que fica difícil: batman ou slumdog millionaire.

    filme estrangeiro: tá certo, rodrigo. animação ganhar no oscar? o austríaco revanche (ganhador do felix europeu) e o francês entre les murs (venceu em cannes) disputam com um fotograma de vantagem para o francês (professor, classe multirracial e, dizem, muito bom). acho que linha de passe teria chances reais se w. salles pudesse e quisesse ter feito campanha – perdeu em 99 para a vida é bela e já é da casa).

    abraço e até dia 23, quando tudo o que eu disse pode se revelar errado

    Curtir

  24. acredito que Pitt não leve o de melhor ator, mas o filme tenho que admitir que merece uns quatro prêmios. mas palpites são palpites, e rodrigo nao pode estar errado ou certo porque ele nao está tentando adivinhar, apenas dando a sua opinião.
    sem ser leitora babona, amo as críticas de Rodrigo e acho que ele deixa claro o porque de reprovar ou aprovar determinado aspectos. e sem agressividade responde todos os recados.

    Curtir

  25. ô rodrigo, onde escrevi “revanche” como ganhador do felix leia ‘gomorra’, o qual nem está entre os indicados a melhor filme estrangeiro no Oscar. falha nossa, e mantenho só o ‘entre les murs’ como favorito ao premio.

    Curtir

  26. Boa pergunta, G4mbit. Os melhores filmes dessa safra, para mim, são “O Lutador”, “Vicky Cristina Barcelona” e “Gran Torino” (em que pese o fato de os dois últimos não serem o melhor Woody Allen e Clint Eastwood). Infelizmente nenhum deles foi indicado. Apesar de não me sentir realmente atraído por nenhum dos cinco, meu preferido é “Quem quer ser um milionário?”. Porém, apesar de preferi-lo, continuo achando que “Benjamin Button” leva o Oscar. E fácil.

    Curtir

  27. Jurandy, acho meio absurdo isso da Fox, mas não me espanta nada. Não acredito que seja um sinal do “fim do DVD”. Claro que o DVD vai pro saco daqui a uns anos, mas a crise vai dar uma sobrevida ao formato. Diria que demora uns três anos pro formato perder a lidersnça, e uns 10 pra virar artigo de colecionador/peça de museu.

    Curtir

  28. mas se for comparar com o DVD e fita cassete, com menos de cinco anos a tecnologia do DVD estará totalmente em desuso. e contando como as coisas andam rápido ultimamente, desde o MP3 até o MP5, talvez em menos de cinco anos.

    Curtir

  29. MP5?

    MP5 não é formato de áudio 😉

    E sim uma nomeclatura para aparelhos com várias funcionalidades. Comecou a invenção de aparelhos com o nome de MP4, esse sim formato de áudio mas que nem tocar o mesmo toca.

    🙂

    Curtir

  30. Pode ser que a academia não goste de filme muito independente e pouco americano, mas convenhamos que todos os prêmios dos Sindicatos estão indo para “Quem quer ser um Milionário?”. E se pensarmos que na maioria das vezes (quase 100% das vezes) quem ganhou no sindicato dos Diretores, Produtores e Roteiristas levou o Oscar, então podemos dizer que a barbada do ano será o Oscar de Melhor Filme, Diretor e Roteiro Adaptado para “Quem quer ser um milionário?”. Além destes 3 prêmios ainda leva Melhor Montagem e todos relacionados a som (Trilha sonora, canção, Mixagem de som e edição de som). Acredito que “O Curioso Caso de Benjamin Button” deva ganhar no máximo 3 prêmios (Direção de Arte, Efeito Visual e Maquiagem). Batman só deve levar Ator Coadjuvante. Para ator e atriz existem as maiores dúvidas: Mickey Rourke x Sean Pean e Kate Winslet x Maryl streep. Aí, como alguns já disseram, na divisão de votos entre estes principais candidatos, pode sobrar o prêmio por exemplo para o Frank Langella (Frost/Nixon) e a Anne Hathaway (Casamento de Rachel). Para atriz coadjuvante, com a ausência da Kate Winslet (Foi apenas um Sonho) ficou barbada para a Penélope Cruz. WALL-E também só deve ganhar em melhor filme de animação. Por fim, acho que Milk leva o Oscar de melhor roteiro adaptado e melhor figurino para o filme A Duquesa.

    Abraços.

    Curtir

  31. Quero deixar registrado minha nota de repúdio a Rede Globo por não transmitir a Festa do Oscar, ou seja, é um absurdo a Globo monopolizar a Tv Aberta e chegar a este ponto, de simplesmente não transmitir a festa e não vender os direitos a outra emissora. Mas acredito que as coisas nunca duram para sempre, o Muro de Berlin caiu, a maior economia do Mundo(E.U.A) quebrou, porque não a Globo perder o Oscar para outra emissora novamente. SBT, Rede Record, Rede TV e Band acredito em vocês vamos a campanha “OSCAR NA GLOBO NUNCA MAIS”. ABRAÇOS A TODOS

    Curtir

  32. Eu prefiro o Homem de Ferro, filmaço entre tanta coisa ruim que concorreu ao Oscar. E desde quando esse tal de milionário patético que ganhou a estatueta de “melhor filme” (?) pode ser comparado aos clássicos Ben-hur, Senhor dos Anéis e Titanic? Por favor! Hollywood perdeu o rumo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s