Trabalho novo

No post anterior me referi a uma razão profissional que determinou, de certa forma, a natureza dos ajustes editoriais que eu já pretendia realizar no Cine Repórter em 2009. Esta razão, na verdade, é muito simples. Em janeiro vindouro, me desligo da Globo Nordeste, onde venho trabalhando há cinco anos, e passo a fazer parte do quadro de professores do curso de Cinema da Universidade Federal de Pernambuco.

A nomeação oficial ainda não saiu, mas passei em concurso realizado no mês de novembro. Vou dar aulas a partir de fevereiro, em disciplinas diversas do curso (no primeiro semestre, “Cinema e Narratividade” e “História da Trilha Sonora no Cinema”).

Além disso, também passei na seleção para o doutorado, na mesma instituição. Isso significa que serei professor e aluno, ao mesmo tempo e em regime de dedicação integral, no ano que vem.

Como vocês podem imaginar, tudo isso representará uma mudança de rumo radical na minha vida, em todos os sentidos. Para começo de conversa, vou ganhar salário bem menor. Por outro lado, terei chance de desacelerar. Ver mais minhas filhas, almoçar com elas todos os dias, descansar nos finais de semana e feriados pela primeira vez na vida. Além, é claro, de me dedicar 100% a atividades relacionadas ao Cinema.

Também não é preciso ser nenhuma adivinho para intuir o quanto essa mudança deve afetar o Cine Repórter. Não é que eu tenha intenção de transformar o site num repositório de artigos acadêmicos, mas certamente minha produção escrita passará a ser muito mais orientada em função das demandas da vida acadêmica.

Aí vai um exemplo bem prático. Eu passei num concurso específico para Tratamento de Som em Audiovisual. Isso quer dizer que serei responsável pelas disciplinas relacionadas ao tema na graduação em Cinema da UFPE, tanto do ponto de vista teórico (estética do som, sound design, etc.) como prático (captação de som direto e indireto, produção de efeitos sonoros, etc.).

Por tudo isso, não estranhem se passarem a ler, nas críticas, observações mais detalhadas a respeito do uso do som dentro dos filmes (os mais atentos já notarão que falei bastante sobre a música de John Williams e sua função narrativa no videocast de “Tubarão”). Sempre fui um estudioso atento de todos os aspectos da narrativa cinematográfica; agora, por dever profissional, terei que ouvir mais os filmes do que vê-los.

Essa é só a ponta do iceberg. Certamente, depois que começar a dar (e ter) aulas, muitas novas idéias irão surgir. Outras demandas também. Possivelmente elas provocarão ajustes editoriais mais profundos. Ainda não dá para ter noção do quanto tudo isso vai interferir no Cine Repórter.

O que posso garantir é que as críticas continuarão sendo publicadas com a mesma regularidade, em texto, vídeo e áudio. E que continuarei a dedicar ao site a mesma energia de sempre.

Anúncios

20 comentários em “Trabalho novo

  1. Valeu Rodrigão, vai fundo aí e aproveite bastante cada momento dessa nova empreitada. Imagino que tudo vai ser muito proveitoso pra vc e pros seus alunos também. Vc é um apaixonado por Cinema como poucos e tem o dom de transmitir essa mesma paixão para outros. Tudo de bom cara! Eu já disse: sou(ou serei) um cineasta bem influenciado pelas suas críticas Abraços cara.

    Curtir

  2. Que bom que você está partindo para uma nova fase da sua vida. É sempre bom buscar novos ares e dar carga total a algo que se ama de paixão. E é bom de vez em quando curtir mais a família e deixar de lado o trabalho. A grana nem sempre compensa quando a profissão é jornalismo, ne?
    Bjos e boa sorte na sua vida!
    Curtiu Crítico?

    Curtir

  3. Quando vi seu nome entre os aprovados no doutorado, imaginei que se tratasse do rapaz do Cine Repórter. E imagine minha surpresa quando soube que no próximo semestre terei aulas com você.

    Parabéns pelas conquistas.

    Curtir

  4. Carreiríssimo,

    Assisti a um DVD de Van Morrison em Montreaux, e nunca tinha percebido que ele, nos anos 70, é a tua cara! Incrível.

    Que notícia ótima essa da UFPE! Parabéns!

    Curtir

  5. Parabéns de novo, Rodrigo. Você merece. Já pode pensar em adicionar mais uma seção no menu ali em cima, algo como “artigos”. Inclusive disponibilizando outros mais antigos.

    Seria interessante saber o número de cinéfilos que visitam o CR e que também procuram estudar cinema por um viés acadêmico.

    Ah, estou ansioso para ler tua crítica do Crítico.

    Curtir

  6. Hugo, a primeira encarnação do Cine Repórter de fato tinha uma seção de artigos. Ela foi descontinuada por duas razões: 1) eu estava escrevendo pouco, e 2) quase ninguém lia. Agora, por força do trabalho, é provável que esta seção seja mesmo reativada. Mas não agora. Vamos com calma… quanto ao “Crítico”, acho que esta semana publico.

    Débora, já me falaram antes sobre essa semelhança com Van Morrison. Acho meio esquisito, não me vejo ali. Mas muito melhor do que ser parecido com algum cantor emo! 🙂

    Curtir

  7. Parabéns Rodrigo, boa sorte nessa nova fase da sua vida, se dedicar ao que gosta e ter tempo para viver e curtir a família é a melhor coisa que pode existir na vida profissional. Eu como uma pessoa que acompanho seu trabalho há alguns anos, fico muito feliz pelas suas conquistas, você merece.

    abraços.

    Curtir

  8. Rodrigo,

    Fiquei muito feliz em saber que você vai partir pra uma nova fase da sua vida profissional. mas triste em saber que você vai sair da Globo. Esperava contar com você para me dar uma luz sobre web jornalismo. Sempre curti o seu trabalho no pe360. Eu agora estou no comando do site da TV Asa Branca. Mas espero que essas mudanças na sua vida ampliem o seu horizonte – e por consequência o nosso – seus fãs.

    Abração e parabéns!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s