Agulha no palheiro

Imagino que a maioria de vocês deve ter notado que muitas das funções do novo Cine Repórter foram retiradas do ar, nos últimos dias. A opção de voto para os usuários foi uma delas. A possibilidade de acessar os comentários mais recentes e os textos mais lidos do mês, direto da capa, também foi eliminada. Os emoticons nos comentários e as pequenas imagens com o rosto dos usuários cadastrados, tudo isso desapareceu. Até mesmo o sistema de buscas que estávamos utilizando foi desabilitado.

Vou explicar o que está acontecendo. Desde que o site novo entrou no ar, no final de setembro, vínhamos notando problemas de acesso. Em certos horários do dia, a lentidão era exasperante. Dentro do sistema administrativo, a situação era ainda pior. Às vezes eu demorava 10, 15 minutos apenas para conseguir postar um simples texto. Ontem, levei duas horas e meia para postar (apenas postar!) três novos textos.

A situação piorou há duas semanas, quando a rede de servidores Dreamhost (onde estamos hospedados) pifou, derrubando o site durante quase 24 horas. De lá para cá, as mensagens de erro (por conexão recusada ou por sobrecarga no servidor) aumentaram consideravelmente.

Consultamos, duas vezes, os administradores do servidor de hospedagem. Em ambos os casos, recebemos a resposta de que o Cine Repórter estava fazendo uso excessivo de memória no servidor, o que automaticamente fazia as conexões ficarem lentas. A causa provável deste problema seria algum tipo de conflito, ou mesmo incompatibilidade, entre um dos scripts utilizados pelo site e o software de administração do servidor.

Tá complicado de entender? Vou simplificar. Aparentemente, uma (ou mais) linha de código do site estaria causando aumento exagerado do consumo de memória na máquina hospedeira, travando o sistema. A administração do Dreamhost informou que o problema, provavelmente, estaria sendo causado por um dos 44 plugins que estavam instalados no Cine Repórter.

Nosso problema, agora, é descobrir onde está o script defeituoso. A única maneira de descobrir isso é desabilitando os plugins, aos poucos, até descobrir qual deles é a causa da bronca. De uma só vez, desligamos 35 deles. Somente nove estão ativos neste momento. Aos poucos, nos próximos dias, eles serão religados. Um por um, para que possamos ter a chance de descobrir qual o plugin problemático.

Na verdade, este post tem dois objetivos. O primeiro, obviamente, é avisar vocês a respeito do problema, para que possam entender o sumiço temporário da maioria das opções de interatividade do site. Elas voltarão aos poucos, dentro de alguns dias.

O outro objetivo é pedir que vocês auxiliem a gente (eu e Saulo, o programador que cuida do Cine Repórter) a encontrar essa agulha no palheiro. Vocês ajudariam muito se postassem comentários notificando, com o maior grau de detalhes possível, como está sendo a experiência de acessar o Cine Repórter.

As páginas demoram muito a carregar? Vocês recebem mensagens de erro? O que elas dizem? Os erros acontecem no carregamento das páginas ou em outros momentos (por exemplo, na hora de postar um comentário)? Existe alguma página ou seção do site em particular onde os erros se reproduzem com mais freqüência? Há algum horário do dia em que isso acontece com mais freqüência?

Tudo o que for notado por vocês pode ajudar. Agradeço a todo mundo que ajudar. E peço um pouco de paciência. Aos poucos, o Cine Repórter vai voltar ao normal. E de qualquer forma, os textos, podcasts e videocasts continuam aí (aliás, todos esses problemas ajudaram a atrasar o próximo vídeo, mas ele está quase pronto).

Anúncios

9 comentários em “Agulha no palheiro

  1. Pra quem já conhece o site até tem um pouco mais de paciência, mas os usuários novos certamente não pensam dessa maneira. Às vezes tanto a página principal quanto o blog demoram muito a carregar. Em outras ocasiões nem abre, aparece uma mensagem dizendo que o serviço está temporariamente indisponível. Alguns links do google direcionam para um determinado texto do cine repórter, mas ao abrir vêm uma página com algumas explicações. Então é preciso entrar na procura para encontrar o texto. Pelo jeito os links mudaram com a mudança do site. Mas como o mais importante são os textos se a coisa se complicar muito é melhor voltar pro velho cine repórter.

    Curtir

  2. Tambem realizei comentários, mas precisamente de filmes antigos e o mesmo não apareceu, assim como o sistema de cotação, estou emviando este para ver se chegar desta vez.

    Curtir

  3. Os casos de Sandoval e Gélikom são idênticos e independem do problema que temos enfrentado. O que ocorreu é que o plugim anti-spam do WordPress assinala, aqui e acolá, a possibilidade de que alguns comentários sejam, na verdade, spams. Assim, ele não publica diretamente os comentários, enviando-os para uma lista que precisa de aprovação minha para publicação. Quando leio, publico.

    Curtir

  4. Sempre tive problemas de acesso nesse novo site.. muito lento para abrir e as vezes nem abria, ocorrendo com mais frequencia a noite. Espero que consigam resolver o problema, pq não quero q volte para a versao antiga, essa versao nova tá muito boa.. =D

    Curtir

  5. Rodrigo, desde que você instalou a versão nova do Cine Repórter que tenho problemas de acesso ao site. Lentidão para abrir as páginas, problemas para enviar comentários. Mas, posso dizer que o acesso tem melhorado – acho que isto aconteceu após você fazer as mudanças no script. Vou continuar de olho para poder ajudá-lo mais.

    Curtir

  6. Pessoal, a possibilidade de a versão antiga do site voltar é zero. Nenhuma chance. Até porque nossa medida radical, aparentemente, deu certo. Nos últimos dois dias, estamos testando a navegação no Cine Repórter em vários horários, de diversos locais, e a velocidade de acesso tem sido sempre muito boa. As mensagens de erro desapareceram. Tanto que já começamos a religar alguns plugins. Já sabemos que o problema não está em nenhum script essencial. Assim que encontrarmos a origem do problema, deletaremos o plugin sem dó nem piedade.

    Curtir

  7. Aprecio as mudancas, a inovacao, mas sou mais adepto do estilo antigo do “site”. Pode parecer retrogado, mas me incomoda o porque de ter muitas opinioes dispares. Sinceramente, me sentia satisfeito apenas com seus comentarios dos filmes. A reflexao era mais limpa.
    p.s.: deculpem-me da falta de acentos; estou com problemas no teclado.

    Curtir

  8. Até entendo sua posição, Wilson, mas a maioria esmagadora dos usuários do antigo site reclamavam da falta de interatividade. Na Web, isso é quase um dogma hoje. Acho que é mais uma questão de costume. Ademais, quem não curte muito os comentários, basta parar de ler no final da crítica e simplesmente fechar a página. É igual a desligar (ou tirar o som) a TV nos comerciais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s