20 livros importantes

Aqui está, atualizada, a lista dos 20 livros disponíveis no mercado brasileiro que considero essenciais para cinéfilos de qualquer idade.

Não coloquei na lista nenhum título estrangeiro (“Easy Riders, Raging Bulls”, de Peter Biskind, teria lugar garantido, por exemplo). Alguns desses livros estão atualmente esgotados, e marquei-os com um asterisco. A maioria pode ser encontrada sem muito esforço em boas livrarias.

Também não coloquei na lista nenhum dos muitos manuais de roteiro que existem por aí. Esses livros são direcionados principalmente a pessoas que têm intenção de fazer cinema. A lista abaixo tem como público-alvo os cinéfilos: gente que ama cinema, mas não pensa em fazer filmes.

A lista está em ordem de preferência.

  1. Hitchcock/Truffaut: Entrevistas (François Truffaut)
  2. Fazendo Filmes (Sidney Lumet)
  3. Uma Viagem Pessoal pelo Cinema Americano (Martin Scorsese e Michael Henry Wilson)
  4. Grandes Diretores de Cinema (Laurent Tirard)
  5. Num Piscar de Olhos (Walter Murch)
  6. Direção de Cinema (Michael Rabiger)
  7. A Magia do Cinema (Roger Ebert)
  8. Grandes Filmes (Roger Ebert)
  9. 1001 Noites no Cinema (Pauline Kael) *
  10. Cinco mais cinco (Luiz Carlos Merten e Rodrigo Fonseca)
  11. Cinema: Entre a Realidade e o Artifício (Luiz Carlos Merten) *
  12. Lições de Roteiristas (Kevin Conroy Scott)
  13. Cinema como Prática Social (Graeme Turner)
  14. Do Cinetoscópio ao Cinema Digital: Breve História do Cinema Americano (A.C. Gomes de Mattos)
  15. As Principais Teorias do Cinema: Uma Introdução (J. Dudley Andrew)
  16. História do Cinema Mundial (Fernando Mascarello)
  17. A Filosofia do Horror, ou Paradoxos do Coração (Noel Carroll) *
  18. Sobre Direção de Cinema (David Mamet)
  19. Publique-se a Lenda: A História do Western (A.C. Gomes de Mattos)
  20. O Outro Lado da Noite: Filme Noir (A.C. Gomes de Mattos)
Anúncios

11 comentários em “20 livros importantes

  1. Mas Rodrigo, fala aí: tem algum livro em especial que o ajudou (e continua o ajudando) na sua profissão como crítico de cinema, na sua maneira de assistir e analisar filmes? Há algum em especial? Algum que não foi dito? Ou todos os citados foram importantes? Ou o importante mesmo é apenas ver filmes – como o Truffaut pensava?

    Abraços!

    Curtir

  2. Vinícius, não existe nada parecido com um manual de como analisar filmes. Para mim é muito importante ler os profissionais do cinema explicando como trabalham, pois assim a gente aprende muito mais sobre detalhes como uso correto de lentes e movimentos de câmera. Ler críticas é muito importante também (daí os livros de Roger Ebert e Pauline Kael). O livro que está no item 6 é caríssimo (R$ 130), mas é o melhor do mercado que explica sobre a gramática do cinema – quando um diretor deve usar um close up, quando fazer um movimento de câmera, porque e como criar um master shot, essas coisas. Talvez seja um livro meio chato pra quem não gosta dessas coisas, mas quem quer decifrar os detalhezinhos dos filmes deveria ler.

    Curtir

  3. Rodrigo, aproveitando que estou de férias, você poderia me indicar, já que não citou nenhum, algum bom manual de roteiro? Você disse aí em cima que esse tipo de livro é voltado “principalmente a pessoas que têm intenção de fazer cinema”. Não tenho intenção (ao menos não agora) de fazer cinema, mas queria ler sobre, pois acho muito interessante. Além disso, os melhores livros que você citou eu já tenho – menos o do Lumet, que já cacei em todo buraco e não encontro!

    Enfim, se desse pra deixar a dica, especificando, mesmo que por cima, algumas qualidades dos escolhidos, ficaria bastante agradecido.

    Abraços!

    PS: Se quiser mandar a resposta pro meu e-mail, à vontade.

    Curtir

  4. Vinícius, vou responder por aqui mesmo, assim outros leitores também podem se interessar. O livro que considero mais interessante sobre roteiro no mercado nacional é o “Story”, de Robert Mckee. Não é fácil achar. Outro que pode valer como introdução é “O poder do clímax”, de Luiz Carlos Maciel – esse é mais fininho e todo dividido em tópicos curtos, melhor de consultar do que especialmente de ler. Por fim, há a bíblia de Hollywood – “Manual do Roteiro”, de Syd Field. A fama desse último é péssima (o cara tem mania de fazer uma fórmula matemática pra tudo!), mas se você ler o livro criticamente, vai tirar coisas boas. E os exemplos que ele usa são legais. Espero ter ajudado.

    Curtir

  5. Grande Rodrigo! Vou encher teu saco aqui… Seguinte: ouvi dizer que o livro “Conversas com Woody Allen” é simplesmente fantástico. Será que é bom mesmo? Já leste?

    Abraço!

    Curtir

  6. Comprei e dei uma folheada, mas não li ainda. Parece muito bom mesmo. Mas pra aproveitá-lo, tem que conhecer bem a obra de Woody Allen. Se você viu quase tudo dele, com certeza vai curtir. Se viu pouca coisa, melhor não arriscar (afinal, é caro pra caramba). Ele entra em detalhes sobre muitos filmes antigos.

    Curtir

  7. Em relação a livros que falam especificamente sobre um só filme, eu recomendaria os volumes pequenos lançados pela editora Rocco na coleção Artemídia. Tem muita coisa boa. Não lembro de nenhum noir clássico, mas tenho as edições de “Chinatown” e “Cidadão Kane”, ambas magistrais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s